• 266 739 520
  • geral@acde.pt

Fisco quer os dados do seu agregado atualizados. Tem até dia 15 de fevereiro para os comunicar

Fisco quer os dados do seu agregado atualizados. Tem até dia 15 de fevereiro para os comunicar

O Portal das Finanças sofreu uma atualização no inicio do ano.

Novidades

  • A partir de deste ano deixa de ser possível entregar a declaração de IRS em suporte papel;
  • Segundo informação do ministério das finanças “Já se encontra disponível no Portal das Finanças a funcionalidade que permite aos contribuintes comunicarem, com referência a 31 de dezembro de 2017, a composição do seu agregado familiar e outros dados relevantes, como a identificação matricial do imóvel que constitui a habitação permanente do agregado”, pelo que o prazo para atualizar esse e outros dados termina a 15 de fevereiro;
  • O fisco preparou um tutorial sobre esta nova funcionalidade com várias situações possíveis que pode consultar aqui;

Dificuldades

Erro do portal das Finanças está a ser solucionado por técnicos

O Portal das Finanças continuava a registar problemas durante a manhã desta quinta-feira na área do IRS, impedindo consultar e comunicar o agregado familiar. O presidente do Sindicato dos Trabalhadores dos Impostos (STI), Paulo Ralha, adianta ao PÚBLICO que os técnicos informáticos da autoridade tributária estão a dar prioridade à resolução do erro, esperando-se que a falha esteja resolvida até sexta-feira ou durante o fim-de-semana.

As dificuldades de acesso foram sentidas por alguns contribuintes durante o dia de quarta-feira, depois de o Ministério das Finanças anunciar que o site do fisco já tinha disponível a opção para os contribuintes procederem à atualização do seu agregado familiar (caso a situação pessoal e familiar se tenha alterado de 2017)

Na área “IRS – Comunicação de agregado familiar”, onde é possível consultar e fazer a alteração, não está a ser possível concluir esse procedimento.

Caso haja diferenças, os contribuintes “podem confirmar ou alterar os dados relativos à composição do agregado familiar e outros elementos pessoais relevantes, nomeadamente informação sobre residência alternada de dependentes em guarda conjunta estabelecida em acordo de regulação do exercício das responsabilidades parentais”. Isto para que o fisco pré-preencha a declaração de IRS com esses pressupostos ou para que a AT disponibilize a declaração automática se a pessoa ou o casal for abrangido por esta medida, que este ano já se aplica a alguns contribuintes com filhos (se a pessoa apenas auferir rendimentos de trabalho dependente ou pensões).

  Fonte: https://eco.pt/2018/01/23/tem-de-comunicar-o-seu-agregado-familiar-ao-fisco-ate-dia-15-de-fevereiro/
https://www.publico.pt/2018/01/25/economia/noticia/tecnicos-estao-a-solucionar-erro-no-portal-das-financas-1800764

Acde
acde

Contacte-nos