• 266 739 520
  • geral@acde.pt

Faturas: durante quanto tempo as deve guardar?

Faturas: durante quanto tempo as deve guardar?

Prazos

6 meses – Devem ser guardadas durante meio ano todas as faturas relacionadas com alimentação, alojamento, gás, água, luz, internet e telefone. Nesta matéria, existe uma lei que o defende: segundo o artigo 10.oº da Lei dos Serviços Públicos, “o direito ao recebimento do preço do serviço prestado prescreve no prazo de seis meses após a sua prestação”. Esta alínea diz-lhe que, se porventura receber uma fatura cujo serviço remonte a um período superior aos últimos seis meses, não é obrigado a pagar por esse serviço. No entanto, se quiser apresentar estes gastos no IRS, o prazo sobe para quatro anos.

1 ano – Sempre que mandar fazer obras em casa, deve guardar durante um ano todas as faturas associadas a serviços do canalizador, eletricista, pedreiro ou pintor.

2 anos – Sempre que comprar um bem móvel, como eletrodomésticos, mobília ou telemóveis, deve guardar a fatura durante dois anos. Neste tipo de despesas, a fatura deve ser mantida durante o mesmo tempo da garantia do produto em causa, em média 24 meses, para este conjunto de acessórios.

3 anos – As faturas de exames, análises ou outros serviços médicos devem ser guardadas durante três anos. Este é o prazo de que as instituições públicas dispõem para lhe cobrar eventuais pagamentos que estejam em falta.

5 anos – As faturas de despesas associadas à casa, como o pagamento do condomínio ou rendas, tal como serviços de empreitadas, devem ser guardados durante cinco anos.

Deduções no IRS e e-fatura – se tem despesas que pretende incluir no IRS, como é o caso dos gastos com a educação ou saúde, ou que possam ser inseridas no portal e-fatura, como por exemplo as despesas com alimentação ou alojamento, deve guardar as respetivas faturas durante quatro anos para evitar problemas com uma eventual inspeção do fisco.

Empresas – Graças às alterações feitas à lei em 2014, as empresas devem manter consigo todos os documentos de suporte ao IRC durante um período de 12 anos. Já para as despesas que servem para apurar o IVA, as respetivas faturas devem ser guardadas durante 10 anos.

Fonte: https://www.dinheirovivo.pt/economia/faturas-durante-quanto-tempo-deve-guardar/

Acde
acde

Contacte-nos